domingo, 30 de novembro de 2008

Canção de Primavera


Imagino se eu pudesse atingir
o alto daquela montanha distante,
Onde o Sol se esconde.
Não me perderia naqueles vales
Cheios de sombras pensativas
Minha alma aí mergulha e se perde
Me abandono por completo.
Deixando-me impregnar de um sentimento
Maravilhoso, Sublime...
A tua amizade,
Uma bela parte do meu jardim de primavera.
a Giovanna, para sempre Core Mio

2 comentários:

jocacia disse...

Meu Deus que coisa linda é essa??

Sonhos Crônicos disse...

Numa primeira manhã
em que as palavras
se descabelam em pétalas
Ensejei a primavera
pra colorir seus botões

Na segunda manhã
Eu cantei
Cantei até cair
até pensar ser por
toda
a vida de um ciclo
de sol
(...)
Cai por mim, celeste
escorre em meu agreste
Que a prima hora
faz a casa
até ver à pino
O despertar do sonho
na sobra do sol
que beija os olhos...

Michel Costa